Caçador- Santa Catarina - Portal CDR - contato@portalcdr.com.br

Encontre no site:

GREVE

Quarta-feira começa com manifestações em Caçador

23/05/2018 às 11:43

Imprimir

A greve dos caminhoneiros ganhou força nesta quarta-feira, 23 de maio, ao ser aderida também pelos agricultores. Em Caçador, os manifestantes começaram cedo a se movimentar.

Por volta das 8hrs, dezenas de caminhoneiros e agricultores formaram um bloqueio na rodovia Honorino Moro, no trecho que antecede a SC-350, em direção a BR-153. Caminhões, veículos e máquinas agrícolas foram enfileiradas ás margens da estrada e o tráfego bloqueado para veículos de carga não perecível.

Greve pacífica

Apesar da revolta dos manifestantes, que reivindicam principalmente a diminuição nos preços dos combustíveis, segundo a Polícia Militar de Caçador, não foram registrados incidentes na região. Na tarde de terça-feira, um grupo de caminhoneiros bloqueou parte da rodovia Engenheiro Lourenço Faoro, na saída de Caçador para Lebon Régis, mas o ato durou apenas duas horas.

Pelo estado

Em Santa Catarina a greve dos caminhoneiros começou ainda na segunda-feira, dia 20. Em diversas regiões foram registrados pontos de paralisação. Algumas indústrias anunciaram suspensão de atividade até que a situação seja normalizada.

Falta de combustíveis

Inicialmente o setor mais afetado pela greve é o dos combustíveis. Em Caçador alguns postos já fecharam as bombas ainda na noite desta terça-feira e a possibilidade é de que mais postos deixem de atender a partir desta quarta-feira, haja vista que as carretas de reposição estão sendo atrasadas pela greve.

Redução dos preços

Desde 3 de julho do ano passado, a Petrobras vem utilizando um formato diferente na política de ajuste de preços. De lá para cá os reajustes acontecem com maior frequência, quase que diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional, e principalmente pela variação do preço do dólar. Somente na semana passada, foram 5 reajustes diários seguidos.

Nesta terça-feira, a Petrobras anunciou a redução de 2,08% nos preços da gasolina e de 1,54% no diesel nas refinarias, porém o presidente da Petrobras, Pedro Parente, não citou as manifestações como motivo, mas atribuiu a redução de preços anunciada à queda do dólar na véspera. "A redução de hoje é simples de entender. Houve uma redução importante de câmbio ontem. Prova de que essa política tanto funciona na direção de subir os preços e de cair os preços", disse nesta manhã, em Brasília.

Greve continua

Tanto em Caçador, quanto nas demais regiões de Santa Catarina, os caminhoneiros afirmam que vão manter as manifestações, a ideia é pressionar as autoridades para que providencias sejam tomadas em relação a alta dos combustíveis. “Iniciamos nesta manhã com esta frente aqui em frente ao parque das Araucárias e depois seguiremos para o trevo do Transrodace, mas não temos hora certa para encerrar. Pretendemos continuar e intensificar estes atos, assim como nas demais regiões até que algo concreto ocorra”, disse um dos manifestantes.


 




 

Espalhe essa notícia

O que nossos leitores já comentaram:

24/05/2018 - 08:37 | Privatização

Vamos dividir e privatizar a Petrobras! Deve ser vendida para várias empresas para que não haja monopólio e exista uma ampla concorrência de produtos, qualidade e serviços. Será o fim dos roubos e de cabides de vagab...e incompetentes. O país só arre


Comentários

Comentários

Comentários com ofensas pessoais, de cunho político e palavras de baixo calão não serão publicados.

Nome:

Comentário:

 

Matéria retirada do Portal CDR - WWW.PORTALCDR.COM.BR

WWW.PORTALCDR.COM.BR | CONTATO@PORTALCDR.COM.BR