Caçador- Santa Catarina - Portal CDR - contato@portalcdr.com.br

Encontre no site:

IRREGULARIDADES

Operação do GAECO no Presídio de Caçador resulta em três funcionários afastados

Foram cumpridos setes mandados de busca e apreensão e afastados cautelarmente da função três funcionários públicos do presídio

25/04/2018 às 13:34

Imprimir

Na manhã desta quarta-feira, 25 de abril, o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) deflagrou operação para combater supostas irregularidades no presídio de Caçador. Já foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e afastados cautelarmente da função três funcionários públicos do Presídio de Caçador, no Meio-oeste catarinense.


As 2ª e 3ª Promotorias de Justiça da Comarca de Caçador e o GAECO investigam supostos crimes contra a administração pública e atos de improbidade administrativa, todos relacionados ao Presídio de Caçador. Os mandados e os afastamentos cautelares foram expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Caçador.


Apoiaram a operação integrantes do Grupo Especial Anticorrupção do Ministério Público (GEAC), do Instituto Geral de Perícias (IGP) e da Corregedoria do Departamento de Administração Prisional (DEAP). O GAECO é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público de Santa Catarina, pela Polícia Militar, pela Polícia Civil, pela Polícia Rodoviária Federal e pela Secretaria Estadual da Fazenda.

 

Espalhe essa notícia

Comentários

Comentários

Comentários com ofensas pessoais, de cunho político e palavras de baixo calão não serão publicados.

Nome:

Comentário:

 

Matéria retirada do Portal CDR - WWW.PORTALCDR.COM.BR

WWW.PORTALCDR.COM.BR | CONTATO@PORTALCDR.COM.BR